De médico, louco e parte interessada todo projeto tem um pouco!

June 13, 2018

Os Projetos são pensados inicialmente em função do problema que visam resolver ou da oportunidade que visam atender.

 

Neste momento, o produto ou serviço é o ponto focal do Projeto.  

 

Acontece que para entregar o produto do Projeto precisamos planejar para que tudo ocorra como gostaríamos. 

 

Em outras palavras, pensar o Projeto antes de executá-lo. Neste momento, abrimos um leque de conhecimentos para planejar o Gerenciamento do Projeto, dentre estes destacamos a área de Gerenciamento de Partes Interessadas.

 

Nada melhor do que envolver os profissionais e/ou empresas que poderão ser impactados pelo Projeto de maneira positiva ou negativa. Que tal? Já imaginou...  

 

A lista é longa... De médico, louco e parte interessada todo projeto tem um pouco!

 

De fato, surge uma lista extensa de contatos para gerenciar.

 

Esta vasta lista diminui na medida em que compreendemos através de uma matriz de Interesse e Poder da Parte Interessada quem é quem nesta brincadeira séria.  

 

Na sequencia desta priorização de stakeholders, identificamos as necessidades e expectativas que são relevantes. Os famosos, mas pouco coletados Requisitos.  

 

Muita calma nesta hora, pois apenas identificamos as principais partes interessadas com as suas respectivas necessidades.

 

Agora vamos convidá-los a colaborar com o Projeto (se você agir proativamente).

 

Por exemplo, algumas partes interessadas podem ou irão ajudar a refinar a declaração do escopo do Projeto e do Produto. Outras partes interessadas não farão parte do Projeto, mas serão documentadas e registradas para eventuais consultas ao longo do ciclo de vida do Projeto.

Fizemos a declaração do escopo, contudo é sempre recomendável documentar e saber onde está a informação dos requisitos que fizeram parte deste escopo, pois toda e qualquer parte interessada costuma ter memória curta. Muito curta. 

 

Porém, este caminho é mais complexo do que isso. 

 

Lembre-se que o projeto é elaborado progressivamente o que implica aceitar e esperar que os stakeholders também irão perceber e revelar outras necessidades conforme aumenta a compreensão do Projeto.

 

Portanto, gerenciar as Partes Interessadas é um processo dinâmico e contínuo que está alinhado com a evolução do Projeto. Este gerenciamento do engajamento extrapola as dimensões de comunicação pois demandará valores e ações como desenvolver relacionamentos duráveis com transparência e confiança.

 

Isso também envolve dizer Não, mas principalmente como fazê-lo pois fará toda a diferença que poderá levar o projeto para o céu ou para o inferno.

 

Tem equipe de projeto que prefere se esconder atrás dos processos do ciclo de vida e relegar à sorte o sucesso do Projeto. A verdade é que se você não dizer não jamais entregará seu projeto como foi planejado,

 

Se faz necessário ir para a frente da plateia e se relacionar, se comunicar ou interagir com as partes interessadas demonstrar compromisso com o Projeto servindo de referência de postura e profissionalismo. Engajar e influenciar os stakeholders pelo exemplo. 

 

Fonte: Phins* Projetos

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Os processos de Gerenciamento do Escopo do Projeto

October 18, 2017

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags