A explicação do trabalho do Projeto!

May 2, 2018

Sob à luz do PMBOK, a estrutura analítica do projeto (EAP) ou work breakdown structure (WBS) em inglês, é o processo de subdivisão das entregas e do trabalho do Projeto em componentes menores e mais facilmente gerenciáveis.

 

Portanto, cada componente, resultante da decomposição da entrega acima em partes menores, precisa ser identificada e denominada. Já imaginou quantos pacotes de trabalho teremos?

 

Desta maneira, temos uma EAP decomposta com códigos ou números (por exemplo: 1.1.) que identificam o pacote de trabalho seguidos da denominação daquela entrega (por exemplo: fundação). Não obstante, os pacotes de trabalhos são descritos utilizando-se de substantivos (por exemplo: telhado) para caracterizar uma entrega ao invés de utilizarem verbos (por exemplo: construir telhado) que caracteriza uma ação / atividade.

 

Parece uma questão simples?

 

Pois é, as vezes as questões simples complicam num Projeto.

 

Portanto, precisamos lançar mão de um conjunto de informações que complementem a decomposição do escopo para esclarecer e detalhar as entregas identificadas e nomeadas na EAP.

 

Chamamos este conjunto de informações de dicionário da EAP que pode ser composto de todos os componentes da EAP ou apenas as entregas-chaves do Projetos.

 

Para cada pacote reunirá as informações relevantes para realizar aquela entrega. 

 

Em função disso, o dicionário é um registro fiel da EAP fornecendo informações mais detalhadas do que precisa ser feito para realizar aquela entrega. Cada gerente do projeto irá customizar o formato e conteúdo conforme os desafios de cada projeto. Desta maneira, o dicionário pode conter as informações (mas não se limitam a essas)

  • Código de identificador da conta,

  • Descrição do trabalho,

  • Premissas e restrições,

  • Organização responsável,

  • Atividades do cronograma associadas,

  • Recursos necessários,

  • Estimativa de custos,

  • Requisitos da Qualidade,

  • Critérios de aceitação,

  • Referências técnicas.

 

Observa-se também que o dicionário da EAP, assume também a função de comunicar o que precisa ser feito tanto para a equipe quanto para as demais partes interessadas, devido a relevância e aderência a área do Escopo do Projeto.

 

Porém a parte mais importante do alcance do dicionário se deve ao fato que junto com declaração do escopo do Projeto e a própria EAP formam a linha de base do escopo.

 

Olha que interessante!

 

Em outras palavras, o dicionário da EAP torna-se parte da referência que a equipe do projeto utilizará para executar, monitorar e controlar o escopo do Projeto!  

 

Resultando, num dicionário para ajudar nas entregas do Projeto!

 

Fonte: Phins* Projetos

 

Please reload

Posts Em Destaque

Os processos de Gerenciamento do Escopo do Projeto

October 18, 2017

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags